Desafios e oportunidades na gestão de resíduos sólidos

Espera-se que os resíduos globais aumentem para 3,40 mil milhões de toneladas até 2050, mais do dobro do crescimento populacional no mesmo período (World Bank, 2023).

A rápida urbanização e um aumento contínuo da população estão sendo observados em todo o mundo. As atividades de desenvolvimento humano estão a gerar uma enorme quantidade de resíduos sólidos. 

Uma grande quantidade de resíduos sólidos urbanos (RSU) exige desenvolvimentos tecnológicos e um plano de gestão sustentável de resíduos para lidar com esta quantidade. Globalmente, muitos desafios são enfrentados durante a gestão de resíduos sólidos municipais (GRSU).

Uma GRSU sustentável precisa de supervisionar diferentes critérios, tais como localização, cultura, crescimento populacional, desenvolvimento econômico e legislações disponíveis. A eliminação inadequada e a má gestão dos resíduos sólidos são um grande desafio no sistema de GRSU.

Os problemas da GRSU diferem de país para país; num país em si, a situação da GRSU é diferente nas zonas rurais e urbanas. Melhores estratégias e resultados orientados para a investigação podem ser alcançados prevendo os atuais desafios da GRSU.

Esta estatística representa a quantidade de resíduos sólidos urbanos gerados em todo o mundo em 2016, com projeções para 2030 e 2050. Prevê-se que, em 2050, serão gerados cerca de 3,4 mil milhões de toneladas métricas de resíduos sólidos urbanos em todo o mundo.

A geração de resíduos aumentou enormemente em todo o mundo nas últimas décadas e não há sinais de que esteja diminuindo. Até 2050, espera-se que a geração mundial de resíduos sólidos urbanos tenha aumentado cerca de 70%, para 3,4 mil milhões de toneladas métricas. Isto se deve a uma série de fatores, como o crescimento populacional, a urbanização e o crescimento econômico, bem como aos hábitos de compra dos consumidores. Com o surgimento de volumes tão imensos de resíduos, a necessidade de as autoridades fornecerem serviços adequados de tratamento e eliminação de resíduos tornou-se cada vez mais importante. No entanto, menos de 20% dos resíduos são reciclados todos os anos, com enormes quantidades ainda enviadas para aterros sanitários.

Os resíduos também são frequentemente descartados em lixões abertos perigosos, especialmente em países em desenvolvimento. Os países mais ricos produzem mais resíduos do que os países mais pobres, mas normalmente têm uma melhor gestão de resíduos para ajudar a lidar com estas questões.

No Brasil, a gestão da coleta de resíduos domésticos e urbanos é uma responsabilidade atribuída aos governos municipais. No contexto da Política Nacional de Resíduos Sólidos Urbanos (PNRS), a coleta seletiva é definida como a prática de recolher resíduos sólidos que foram previamente separados de acordo com sua composição ou natureza. Isso engloba a coleta de materiais recicláveis como papel, vidro, plásticos, metais e outros materiais.

A PNRS foi estabelecida por meio da Lei nº 12.305, datada de 2 de agosto de 2010, e posteriormente regulamentada pelo Decreto nº 7.404/2010. Esses instrumentos legais definem os princípios, objetivos, e diretrizes para a gestão de resíduos sólidos, abrangendo até mesmo resíduos perigosos. Além disso, eles delineiam as responsabilidades dos geradores de resíduos e das autoridades públicas, conforme documentado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em 2012.

Os princípios orientadores da PNRS incluem: 1. a não geração de resíduos; 2. a redução; 3. a reutilização; e 4. a reciclagem. A legislação também enfatiza a importância de considerar aspectos ambientais, sociais, culturais, econômicos, técnicos e de saúde pública, bem como a busca pela sustentabilidade e pela eficiência ecológica ao abordar questões relacionadas aos resíduos.

Conforme relatório da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), durante o ano de 2022, o Brasil gerou um volume total de aproximadamente 81,8 milhões de toneladas de resíduos, equivalente a uma média de 224 mil toneladas diárias. Com isso, cada brasileiro produziu, em média, 1,043 kg de resíduos por dia.

À medida que a população mundial e as economias cresceram, a produção global de materiais, como plásticos, papel e alumínio, aumentou substancialmente. 

No entanto, sem sistemas adequados de gestão de resíduos, esse aumento no consumo resulta em uma significativa proliferação de resíduos mal administrados, que, por sua vez, contribui para a poluição de ecossistemas, como rios, lagos e oceanos.

Aprimorar as práticas de gestão de resíduos desempenha um papel crucial na redução da quantidade de matérias-primas geradas. Através da reciclagem, podemos efetivamente diminuir (embora não eliminar por completo) a necessidade de produzir novos recursos.

Para preservar os ecossistemas globais e salvaguardar nossa saúde, é essencial assegurar uma gestão adequada dos resíduos.

Certamente, contribuir para uma melhor gestão de resíduos é uma responsabilidade importante para as empresas. Aqui estão três dicas:

  1. Treinamentos e Palestras Institucionais:

   – Contrate a Academia Lixo Zero ou especialistas na área para ministrar treinamentos e palestras para seus funcionários. Isso ajuda a criar uma base de conhecimento sólida sobre a gestão de resíduos e a conscientização sobre a importância desse assunto. Os treinamentos podem abordar tópicos como separação adequada de resíduos, reciclagem, compostagem e redução do desperdício.

  1. Implemente Programas de Coleta Seletiva:

   – Desenvolva e implemente um programa de coleta seletiva dentro da empresa. Forneça recipientes adequados para a separação de resíduos, como papel, plástico, vidro e orgânicos. Certifique-se de que os funcionários estejam cientes de como usar esses recipientes corretamente, por meio dos treinamentos mencionados anteriormente. Promova uma cultura de reciclagem e redução de resíduos no local de trabalho.

  1. Avalie e Reduza o Consumo de Materiais Descartáveis:

   – Faça uma análise do consumo de materiais descartáveis na empresa, como copos de plástico, talheres descartáveis e embalagens individuais. Identifique áreas em que seja possível substituir esses materiais por opções mais sustentáveis, como utensílios reutilizáveis e embalagens recicláveis. Além disso, incentive os funcionários a trazerem suas próprias garrafas de água e recipientes reutilizáveis para reduzir o desperdício de embalagens.

Lembre-se de que a gestão de resíduos eficaz não apenas beneficia o meio ambiente, mas também pode economizar recursos financeiros e melhorar a imagem da empresa perante os clientes e parceiros comerciais. É importante criar um compromisso contínuo com a sustentabilidade e incentivar a participação de todos os colaboradores para alcançar resultados significativos.

Junte-se a nós na jornada para um futuro mais sustentável! 

Entre em contato com a  Academia Lixo Zero e capacite sua equipe com o conhecimento e as habilidades necessárias para uma gestão de resíduos eficaz. 

Vamos construir um mundo mais limpo e verde juntos!

Fontes:
 Anudeep Nema, K. Mohammed Bin Zacharia, Aman Kumar, Ekta Singh, Vempalli Sudharsan Varma, Dayanand Sharma, Chapter 10 – Challenges and opportunities associated with municipal solid waste management, Editor(s): Sunil Kumar, Rakesh Kumar, Ashok Pandey, Current Developments in Biotechnology and Bioengineering, Elsevier, 2021,
The Challenge of Urban Solid Waste Management in Brazil Economía, sociedad y territorio, vol. XXII, no. 68, pp. 177-206, 2022 El Colegio Mexiquense A.C.
Relatório Abrelpe, 2022 
Global municipal solid waste generation projection 2016-2050 <Published by Ian Tiseo, Jul 18, 2023, Urban Development Series – What a Waste 2.0, page 25>
Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Este curso é recomendado para profissionais da área ambiental, gestores públicos, educadores, ativistas ambientais e todos aqueles interessados ​​em se destacar no mercado sustentável. Se você está em busca de uma formação completa e reconhecida na área de gestão ambiental, o Curso Consultor Lixo Zero é ideal para você.

Um dos grandes desafios enfrentados diariamente por muitas empresas é a gestão de grandes volumes...

conheça nossos cursos

Atuando como um canal de formação, a Academia Lixo Zero estrutura-se em diversas áreas de...

16NOV_Sustentabilidade

Investir em sustentabilidade nas empresas é fundamental não apenas como uma resposta ética aos desafios...

06NOV_Noticia

Considerando que o Mercado Internacional está fortemente voltado à importância e alerta para as Mudanças...

Versao_Menor

Cumprir a responsabilidade ambiental corporativa (RSC) significa que as empresas devem assumir a responsabilidade de...

curso_academia_lixo_zero

A capacitação em gestão de resíduos sólidos representa um investimento estratégico fundamental para as empresas...

LR_academia_lixo_Zero1

A gestão adequada de resíduos sólidos e a redução do impacto ambiental tornaram-se prioridades globais,...

academia_lixo_zero

O governo brasileiro planeja emitir títulos verdes, visando arrecadar aproximadamente US$ 2 bilhões, equivalente a...

PALESTRA
Economia Circular e Lixo Zero

A Economia Circular é outra temática muito importante que a Academia Lixo Zero aborda em seus treinamentos e palestras. Ela se baseia na ideia de que os recursos naturais são limitados e, por isso, é fundamental que sejam utilizados de forma mais eficiente e sustentável, evitando o desperdício e a geração excessiva de resíduos.

A Economia Circular propõe um modelo de produção e consumo que busca manter os materiais em uso pelo maior tempo possível, evitando que sejam descartados e transformando-os em novos produtos ou matérias-primas. Isso significa repensar a forma como os produtos são projetados, fabricados, utilizados e descartados, de forma a reduzir a geração de resíduos e a maximizar o valor dos recursos naturais.

A Academia Lixo Zero oferece essa palestra buscando apresentar os conceitos da Economia Circular, suas oportunidades e desafios, bem como exemplos práticos de empresas que estão adotando esse modelo de negócio. Nossa palestra aborda desde a gestão adequada dos resíduos no modelo lixo zero até a implementação de estratégias de economia circular em diferentes setores da economia.

PALESTRA
ESG, ODS e Lixo Zero

A temática ESG tem ganhado cada vez mais destaque no mundo corporativo, uma vez que as empresas têm percebido que seus resultados financeiros e sua reputação estão diretamente relacionados com seu desempenho ambiental, social e de governança.

Por isso, a Academia Lixo Zero busca apresentar conceitos e boas práticas relacionados à gestão ambiental, responsabilidade social e governança corporativa. Nosso objetivo nesta palestra é ajudar as empresas a compreenderem como esses temas se relacionam e como podem ser implementados em suas atividades cotidianas, para que possam gerar um impacto positivo na sociedade e no meio ambiente.

Além disso, abordamos também os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, que representam um conjunto de metas globais que buscam erradicar a pobreza, proteger o planeta e promover a paz e a prosperidade para todos. Os ODS são uma referência importante para as empresas que desejam adotar práticas sustentáveis e contribuir para o desenvolvimento sustentável global.

PALESTRA
Resíduos, Lixo Zero e Certificação

A Gestão de Resíduos é uma preocupação crescente no mundo moderno, onde a sustentabilidade se tornou um aspecto crucial para a saúde do nosso planeta e o bem-estar das futuras gerações. Visando promover este conceito vital, a palestra “Resíduos, Lixo Zero e Certificação Lixo Zero” foi pensada para atender às necessidades das empresas e organizações que buscam compreender, mas também implementar práticas sustentáveis em sua gestão de resíduos.

O foco principal desta palestra é explorar os fundamentos da gestão de resíduos sob a ótica do Lixo Zero. Ela aborda uma variedade de estratégias eficazes para minimizar a geração de resíduos, destacando a importância da redução na fonte, reutilização e reciclagem. Estas práticas são essenciais não apenas para a redução do impacto ambiental, mas também para a promoção de um estilo de vida e de operações empresariais mais sustentáveis.

Um aspecto chave da palestra é a introdução à Certificação Lixo Zero. Esta seção detalha os critérios necessários para que uma organização seja reconhecida como Lixo Zero, além de discutir os benefícios significativos dessa certificação. Tais benefícios não se limitam apenas a melhorias ambientais, mas também incluem vantagens competitivas no mercado e a valorização da imagem corporativa.