Brasil é 1º país do mundo a adotar oficialmente padrão global de reporte de dados ESG

Considerando que o Mercado Internacional está fortemente voltado à importância e alerta para as Mudanças climáticas, uma dúvida emergente das empresas é em relação a padronização e veracidade das informações apresentadas.  

Com isso, é fundamental que as práticas ambientais brasileiras estejam harmonizadas com as práticas internacionais de divulgação de informações de sustentabilidade, tendo isso em vista, a Comissão de Valores Mobiliários lançou resolução que obriga publicação de relatórios sustentáveis a partir de 2026.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) do Brasil promulgou uma resolução que oficialmente adota as normas globais de reporte de dados ESG (Ambiental, Social e de Governança, em inglês), tornando o país o pioneiro a fazê-lo em todo o mundo. Essas normas, que fazem parte do International Financial Reporting Standards (IFRS), foram lançadas globalmente em junho do ano corrente.

A Resolução CVM 193, de maneira optativa por cada empresa, para companhias abertas, fundos de investimento e companhias securitizadoras a elaboração e divulgação de relatório de informações financeiras relacionadas à sustentabilidade com base no padrão internacional (IFRS S1 e S2) emitido pelo International Sustainability Standards Board (ISSB).

A nova norma é a 1ª entrega do Plano de Ação de Finanças Sustentáveis da CVM para 2023-2024, que conta com metas, objetivos e prazos de cumprimento baseados nas diretrizes constantes na Política de Finanças Sustentáveis. Além disso, a nova regra também está integrada à agenda de transformação ecológica instituída pelo Ministério da Fazenda.

As diretrizes estabelecem padrões para o reporte de informações financeiras relacionadas à sustentabilidade, exigindo que empresas de capital aberto listadas na B3 publiquem, a partir de 2026, um relatório especial contendo dados financeiros relativos à sustentabilidade. Essa medida está integrada ao plano de transformação ecológica, parte da agenda verde do governo brasileiro.

Os relatórios devem ser entregues anualmente em maio, juntamente com o formulário de referência. No próximo ano e em 2025, sua publicação será facultativa. Após possíveis ajustes feitos após uma consulta pública, o objetivo da regra é auxiliar investidores na tomada de decisões alinhadas a critérios sustentáveis. Isso é feito através da divulgação mais transparente de oportunidades e riscos associados aos negócios de cada empresa.

Durante a apresentação da resolução da CVM no gabinete da Fazenda em São Paulo, o ministro Fernando Haddad ressaltou que a intenção da regra é colocar o Brasil na vanguarda do que há de mais moderno no mundo para atrair investimentos. O ministro enfatizou que o Brasil foi pioneiro na adoção dessas normas sustentáveis de contabilidade.

Sobre o relatório

O relatório de informações financeiras relacionadas à sustentabilidade, com base no padrão do ISSB, deve ser objetivamente identificado e apresentado de forma segregada das demais informações da entidade e das demonstrações financeiras. As companhias abertas ou securitizadoras e os fundos de investimento que desejarem adotar esse documento, devem elaborá-lo a partir dos exercícios sociais iniciados em, ou após, 1º de janeiro de 2024 e divulgá-lo anualmente.

Controle de mudanças climáticas, preservação ambiental e agenda sustentável são temas transversais ao Mercado de Capitais.

A Resolução CVM 193, demonstra que a CVM segue acompanhando a evolução do mercado de capitais e continuará estimulando o desenvolvimento das finanças sustentáveis no setor, que vem se mostrando cada vez mais como pauta importante para o crescimento econômico inclusivo do país.

Você está preparado para integrar políticas atuais de sustentabilidade e se adequar ao Mercado?

Estamos aqui para contribuir com seu crescimento profissional, aprenda ativamente no Curso de Consultores e Auditores Lixo Zero, todas novas metodologias de sustentabilidade, agregando valor na seu currículo.

Aproveite e faça um dos nossos cursos presenciais e ganhe vantagem competitiva no mercado ambiental: Consultor Lixo Zero e Auditor Lixo Zero – Academia Lixo Zero

 

Fonte: https://www.gov.br/cvm/pt-br/assuntos/noticias/brasil-e-1o-pais-no-mundo-a-adotar-relatorio-de-informacoes-financeiras-relacionadas-a-sustentabilidade-emitidas-pelo-issb

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Este curso é recomendado para profissionais da área ambiental, gestores públicos, educadores, ativistas ambientais e todos aqueles interessados ​​em se destacar no mercado sustentável. Se você está em busca de uma formação completa e reconhecida na área de gestão ambiental, o Curso Consultor Lixo Zero é ideal para você.

Um dos grandes desafios enfrentados diariamente por muitas empresas é a gestão de grandes volumes...

conheça nossos cursos

Atuando como um canal de formação, a Academia Lixo Zero estrutura-se em diversas áreas de...

16NOV_Sustentabilidade

Investir em sustentabilidade nas empresas é fundamental não apenas como uma resposta ética aos desafios...

Versao_Menor

Cumprir a responsabilidade ambiental corporativa (RSC) significa que as empresas devem assumir a responsabilidade de...

curso_academia_lixo_zero

A capacitação em gestão de resíduos sólidos representa um investimento estratégico fundamental para as empresas...

LR_academia_lixo_Zero1

A gestão adequada de resíduos sólidos e a redução do impacto ambiental tornaram-se prioridades globais,...

academia_lixo_zero

Espera-se que os resíduos globais aumentem para 3,40 mil milhões de toneladas até 2050, mais...

academia_lixo_zero

O governo brasileiro planeja emitir títulos verdes, visando arrecadar aproximadamente US$ 2 bilhões, equivalente a...

PALESTRA
Economia Circular e Lixo Zero

A Economia Circular é outra temática muito importante que a Academia Lixo Zero aborda em seus treinamentos e palestras. Ela se baseia na ideia de que os recursos naturais são limitados e, por isso, é fundamental que sejam utilizados de forma mais eficiente e sustentável, evitando o desperdício e a geração excessiva de resíduos.

A Economia Circular propõe um modelo de produção e consumo que busca manter os materiais em uso pelo maior tempo possível, evitando que sejam descartados e transformando-os em novos produtos ou matérias-primas. Isso significa repensar a forma como os produtos são projetados, fabricados, utilizados e descartados, de forma a reduzir a geração de resíduos e a maximizar o valor dos recursos naturais.

A Academia Lixo Zero oferece essa palestra buscando apresentar os conceitos da Economia Circular, suas oportunidades e desafios, bem como exemplos práticos de empresas que estão adotando esse modelo de negócio. Nossa palestra aborda desde a gestão adequada dos resíduos no modelo lixo zero até a implementação de estratégias de economia circular em diferentes setores da economia.

PALESTRA
ESG, ODS e Lixo Zero

A temática ESG tem ganhado cada vez mais destaque no mundo corporativo, uma vez que as empresas têm percebido que seus resultados financeiros e sua reputação estão diretamente relacionados com seu desempenho ambiental, social e de governança.

Por isso, a Academia Lixo Zero busca apresentar conceitos e boas práticas relacionados à gestão ambiental, responsabilidade social e governança corporativa. Nosso objetivo nesta palestra é ajudar as empresas a compreenderem como esses temas se relacionam e como podem ser implementados em suas atividades cotidianas, para que possam gerar um impacto positivo na sociedade e no meio ambiente.

Além disso, abordamos também os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, que representam um conjunto de metas globais que buscam erradicar a pobreza, proteger o planeta e promover a paz e a prosperidade para todos. Os ODS são uma referência importante para as empresas que desejam adotar práticas sustentáveis e contribuir para o desenvolvimento sustentável global.

PALESTRA
Resíduos, Lixo Zero e Certificação

A Gestão de Resíduos é uma preocupação crescente no mundo moderno, onde a sustentabilidade se tornou um aspecto crucial para a saúde do nosso planeta e o bem-estar das futuras gerações. Visando promover este conceito vital, a palestra “Resíduos, Lixo Zero e Certificação Lixo Zero” foi pensada para atender às necessidades das empresas e organizações que buscam compreender, mas também implementar práticas sustentáveis em sua gestão de resíduos.

O foco principal desta palestra é explorar os fundamentos da gestão de resíduos sob a ótica do Lixo Zero. Ela aborda uma variedade de estratégias eficazes para minimizar a geração de resíduos, destacando a importância da redução na fonte, reutilização e reciclagem. Estas práticas são essenciais não apenas para a redução do impacto ambiental, mas também para a promoção de um estilo de vida e de operações empresariais mais sustentáveis.

Um aspecto chave da palestra é a introdução à Certificação Lixo Zero. Esta seção detalha os critérios necessários para que uma organização seja reconhecida como Lixo Zero, além de discutir os benefícios significativos dessa certificação. Tais benefícios não se limitam apenas a melhorias ambientais, mas também incluem vantagens competitivas no mercado e a valorização da imagem corporativa.