Fazei-me um instrumento

Quando eu era criança considerava São Francisco de Assis um dos meus ídolos e no meu imaginário ele não era um santo, era um herói – tal qual os personagens dos quadrinhos que lia e filmes que assistia.

Minha admiração por ele era tanta, que algumas de minhas aventuras foi soltar os passarinhos das gaiolas dos vizinhos que os prendiam. Minhas primeiras ações ativistas a favor do meio ambiente, pró-vida e pela liberdade. São Francisco foi um revolucionário como Gandhi, Buda e Jesus. Uma andorinha que fez verão. E que verão ele fez.

Daí vem meu apreço pelo Papa Francisco, que além de jesuíta, é franciscano. Os jesuítas são formadores de redes. O Papa está construindo uma rede ambientalista muito forte entre os seguidores, não só do cristianismo, mas de todas as religiões, além de pensadores de linhas políticas, filosóficas e sociais diversas. Seu objetivo é garantir a sobrevivência da humanidade promovendo o cuidar de um bem comum: a nossa terra.

Inspirado em São Francisco de Assis, o Papa promove a inclusão, a harmonia e a paz, lançando a encíclica verde Laudato Si. Ela vem para renovar a força dos movimentos ambientais, trazendo a esperança em um tempo de crise. “Onde houver trevas, que eu leve a fé.”

“Louvada seja a Terra” ou “a nossa casa”. Assim começa a obra do Papa Francisco que coloca no mesmo patamar dos outros pecados, como matar e roubar, a agressão a natureza. E convenhamos, quando usamos mais do que a parte que nos convém dos recursos naturais, não estamos roubando matéria-prima essencial para que outras espécies vivam nesse planeta? Quando nosso lixo eletrônico é enviado para o outro lado do mundo, encontrando como destino final um lixão a céu aberto em Ghana, onde a fumaça dos fios queimados e os materiais tóxicos dos processadores e placas-mãe matam aos poucos milhares de pessoas, não é nossa responsabilidade?

Laudato Si não deixa de fora o papel do governo e das indústrias na destruição do único local conhecido no universo adaptável para a vida humana, pois é um pedido de ação universal que tem que começar agora. Na verdade, já estamos atrasados.

Não creio que iremos ser todos simples como os franciscanos, mas podemos reduzir drasticamente o desperdício e distribuir mais igualitariamente nossas riquezas. E eu não falo de ouro ou outros minérios, eu falo da água, da terra, do ar e dos alimentos. Riquezas sem as quais é impossível viver e que todos devem ter acesso garantido como direito inalienável.

“Lanço um convite urgente a renovar o diálogo sobre a maneira como estamos a construir o futuro do planeta. Precisamos de um debate que nos una a todos, porque o desafio ambiental, que vivemos, e as suas raízes humanas, dizem respeito e têm impacto sobre todos nós”. Acho que essa frase também representa o meu desejo com o meu trabalho. Estou aqui para informar e auxiliar os que estão no caminho rumo ao lixo zero.

Ser lixo zero é uma forma de viver mais eticamente, com consciência sobre os impactos do seu consumo no mundo. Deve-se reduzir, reusar, reciclar, e compostar – devolvendo à terra o que ela lhe proveu – produzindo nada de lixo e o mínimo possível de resíduos. Além disso, você assume as consequências das suas escolhas. Ser lixo zero é planejar todos os momentos da sua vida, refletindo sobre o próximo passo a tomar para gerar menos impacto ambiental no planeta, garantindo o bem estar das futuras gerações.

Ao visitar o Rio de janeiro, o Papa conclamou aos jovens: “Sejam Revolucionários!”. Acreditem quando eu digo que não há nada mais revolucionário que SER LIXO ZERO hoje em dia. É ir contra a lógica reinante, capitalista, que coloca o consumo acima de tudo e santifica a cultura do descarte.

Então eu estendo o convite de Francisco: SEJA REVOLUCIONÁRIO, SEJA LIXO ZERO.

Tal qual a oração de São Francisco pede a Deus “fazei-me um instrumento de vossa paz”, eu acredito que o chamado do Papa Francisco convida para que nos tornemos instrumentos de mudança, focados na construção de uma comunidade solidária, baseada na virtude, gerando impactos positivos e prósperos em harmonia com a natureza, com o universo.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Este curso é recomendado para profissionais da área ambiental, gestores públicos, educadores, ativistas ambientais e todos aqueles interessados ​​em se destacar no mercado sustentável. Se você está em busca de uma formação completa e reconhecida na área de gestão ambiental, o Curso Consultor Lixo Zero é ideal para você.

Um dos grandes desafios enfrentados diariamente por muitas empresas é a gestão de grandes volumes...

CAPAS BLOG

Na última Comissão de Meio Ambiente do Senado Federal, que aconteceu no dia 20 de...

CARBON Zeros capas blog - 7

A cidade de Florianópolis, famosa por suas praias de águas cristalinas e paisagens naturais preservadas,...

capa_blog_reduzido ACAD

A gestão de resíduos sólidos desempenha um papel fundamental na busca pela sustentabilidade empresarial, pois...

Versao_Menor

O ODS 11, que busca promover cidades sustentáveis e resilientes, destaca a importância da gestão...

Versao_Menor

Poluição plástica Não vamos reciclar a nossa saída da crise da poluição plástica: precisamos de...

Versao_Menor

Incêndio em Teresópolis: lixão está há 28 anos à espera de regulamentação Município aguarda reunião...

Versao_Menor

A ‘economia azul’ é um conceito emergente que incentiva a exploração sustentável, a inovação e...

PALESTRA
Economia Circular e Lixo Zero

A Economia Circular é outra temática muito importante que a Academia Lixo Zero aborda em seus treinamentos e palestras. Ela se baseia na ideia de que os recursos naturais são limitados e, por isso, é fundamental que sejam utilizados de forma mais eficiente e sustentável, evitando o desperdício e a geração excessiva de resíduos.

A Economia Circular propõe um modelo de produção e consumo que busca manter os materiais em uso pelo maior tempo possível, evitando que sejam descartados e transformando-os em novos produtos ou matérias-primas. Isso significa repensar a forma como os produtos são projetados, fabricados, utilizados e descartados, de forma a reduzir a geração de resíduos e a maximizar o valor dos recursos naturais.

A Academia Lixo Zero oferece essa palestra buscando apresentar os conceitos da Economia Circular, suas oportunidades e desafios, bem como exemplos práticos de empresas que estão adotando esse modelo de negócio. Nossa palestra aborda desde a gestão adequada dos resíduos no modelo lixo zero até a implementação de estratégias de economia circular em diferentes setores da economia.

PALESTRA
ESG, ODS e Lixo Zero

A temática ESG tem ganhado cada vez mais destaque no mundo corporativo, uma vez que as empresas têm percebido que seus resultados financeiros e sua reputação estão diretamente relacionados com seu desempenho ambiental, social e de governança.

Por isso, a Academia Lixo Zero busca apresentar conceitos e boas práticas relacionados à gestão ambiental, responsabilidade social e governança corporativa. Nosso objetivo nesta palestra é ajudar as empresas a compreenderem como esses temas se relacionam e como podem ser implementados em suas atividades cotidianas, para que possam gerar um impacto positivo na sociedade e no meio ambiente.

Além disso, abordamos também os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, que representam um conjunto de metas globais que buscam erradicar a pobreza, proteger o planeta e promover a paz e a prosperidade para todos. Os ODS são uma referência importante para as empresas que desejam adotar práticas sustentáveis e contribuir para o desenvolvimento sustentável global.

PALESTRA
Resíduos, Lixo Zero e Certificação

A Gestão de Resíduos é uma preocupação crescente no mundo moderno, onde a sustentabilidade se tornou um aspecto crucial para a saúde do nosso planeta e o bem-estar das futuras gerações. Visando promover este conceito vital, a palestra “Resíduos, Lixo Zero e Certificação Lixo Zero” foi pensada para atender às necessidades das empresas e organizações que buscam compreender, mas também implementar práticas sustentáveis em sua gestão de resíduos.

O foco principal desta palestra é explorar os fundamentos da gestão de resíduos sob a ótica do Lixo Zero. Ela aborda uma variedade de estratégias eficazes para minimizar a geração de resíduos, destacando a importância da redução na fonte, reutilização e reciclagem. Estas práticas são essenciais não apenas para a redução do impacto ambiental, mas também para a promoção de um estilo de vida e de operações empresariais mais sustentáveis.

Um aspecto chave da palestra é a introdução à Certificação Lixo Zero. Esta seção detalha os critérios necessários para que uma organização seja reconhecida como Lixo Zero, além de discutir os benefícios significativos dessa certificação. Tais benefícios não se limitam apenas a melhorias ambientais, mas também incluem vantagens competitivas no mercado e a valorização da imagem corporativa.